Olá,
Hoje trago apenas uma publicação bem rapidinha de um desenho feito recentemente. Com o título "Damania", esse desenho tem um processo de desenvolvimento interessante. Quer saber mais? Confira: 


Comecei esse desenho só como um rascunho para treino, sem pretensão de levá-lo além do papel. A ideia inicial era só de uma menina numa espécie de uniforme de super-herói ou sci-fi, com a capa esvoaçando por detrás dela, segurando algo - seria uma arma à laser, um cajado, o quê? Fui deixando o traço levar. 

Então, inspirada no texto da Vanessa Corrêa, colunista da editora Intrínseca, "Em defesa das vilãs"  (um texto sobre os livros de Gillian Flynn e a necessidade de também valorizar o lado obscuro feminino na literatura contemporânea), que tinha lido há algum tempo atrás, comecei a tingir minha ainda não-nomeada personagem com personalidade. Uma sobrancelha levantada e outra apertada, lábios semi-abertos; uma expressão de desafio. Minha personagem - uma somente para desenho - seria uma vilã. O objeto que carregava nas mãos também ganhou tom; um bastão de luta. Nisso admito que dei uma escorregada: o cabo deveria ter ido até o chão, mas aparentemente, na minha distração, esqueci desse detalhe - ops - e acabou ficando curto como está na imagem.

O resto foi um longo processo de pintura digital, depois de escaneá-lo para o computador. Adicionei algumas olheiras, olhos estranhamente amarelados e sombrios (ao meu ver), deixando a parte mais colorida para o uniforme, verde e azul. Gostaria de ter feito algo melhor na textura do cabelo e da pele. Tenho muito que aprender e aprimorar, além de finalmente estar caminhando aos poucos para começar o desenho digital completo - sem a parte tradicional -, mas é com o treino que se aprende, afinal. 

Gostaram do resultado final? O que vocês acham que ficou bom e o que poderia melhorar? Comentem suas opiniões!



Deixe um comentário