Olá pessoal,
Recentemente fiz a primeira postagem desse conjunto de posts que decidi fazer para contar a vocês, aqui no blog, sobre essa incrível viagem que fiz em Junho/Julho nos EUA! A primeira foi sobre os parques de Orlando (confira) e essa agora vou falar um pouco sobre as outras atrações de Orlando (sim, não são só parques) e também sobre um assunto que sei que meus leitores/leitoras adoram...COMPRAS!


Obs: eu sei que estas postagens estão meio (MUITO) atrasadas, mas é pela justificativa de que quero fazer um post bem completo, para caso alguém que viaje para os mesmos lugares possa usar minha experiência aqui compartilhada, como uma espécie de "guia".

Outras Atrações

Medieval Times: imagine ir para um grande anfiteatro de frente para uma arena, muito parecida com as dos filmes medievais e assistir a um duelo de espadas, lanças e cavalos enquanto saboreia uma refeição com as MÃOS (muita comida boa mesmo!), tal como na Era Medieval. O "Medieval Times" é um dos entretenimentos da noite em Orlando mais divertidos, recomendo!

Pirates: uma apresentação interativa, parecida com o Medieval Times, com o tema inspirado na pirataria. Durante a apresentação, em que se é encenada uma história musical em um navio pirata montado no palco, há também uma refeição agradável para curtir durante. É interativa com o público, criando um ar mais amistoso. Não gostei tanto da apresentação e da refeição, comparando principalmente com a do Medieval Times, mas não deixa de ser uma boa opção para a noite.Sobre a festa "balada" depois, não tenho certeza se é todas as vezes ou só com reserva.

Blue Man Group: Com certeza foi uma das melhores atrações que fui em Orlando! O show do Blue Man Group tem humor, interatividade com a plateia, diversão e se você parar para perceber boas críticas sociais inseridas, principalmente sobre as relações hoje imersas no mundo da tecnologia.Quase desisti de ir porque tinha ficado muito cansada em um dos dias de passeio, mas minha amiga me convenceu a ir e agradeço a ela muito por isso; foi maravilhoso.Fica no complexo da Universal, se quiser ir é bom comprar os ingressos antecipadamente!

Obs: duas atrações que recebi muitas recomendações, mas não pude ir, é o Cirque du Soliel e o Hard Rock Café (fui numa festa lá, não um show mesmo)!

Compras

Locais para fazer compras:

Perfumeland: uma loja que já é destino de muitos brasileiros todos os anos (ao ponto deles contratarem atendentes brasileiros para comunicar-se com os compradores), a Perfumeland é onde se pode encontrar no mesmo lugar: eletrônicos, perfumes, óculos de sol, relógios, tênis, malas e etc. Obs: A variedade é grande, mas o preço é regular, ou seja tabelado, então não espere muitos descontos nessa loja.

Downtown Disney: É um dos complexos Disney, mas este destinado apenas destinado á lojas e restaurantes, como um grande "shopping Disney".Se você quer produtos Disney, lá é onde você acha a maior loja da rede, a "World of Disney": vestuário, bichinhos de pelúcia, bonecos, acessórios (a joalheria Disney também e os tão famosos pingentes), até produtos para decoração! O que você não encontra lá da marca, você não acha mais em lugar nenhum.

Target: É uma das grandes redes de mercado do EUA, lá você pode achar marcas famosas, desde de alimentos, roupas, eletrônicos, utensílios e maquiagem. Maquiagem era algo que eu estava precisando há muito tempo e nesse mercado encontrei batons como BabyLips de 3 á 5 dólares e batons de outras marcas por até mais barato. Aproveitei e fiz um kit completo de maquiagem com ajuda da minha amiga (Luisa do blog Unhas Beauty), já que essa não é exatamente minha especialidade haha. Comprei também algumas besteirinhas básicas para comer no hotel e levar para o Brasil, como minha amada manteiga de amendoim <3

Millenial Mall ("The Mall at Millenia"): Esse é um dos melhores shoppings de Orlando por num local só agrupar tantas lojas conhecidas, desde marcas mais jovens como Forever 21 ou Abercrombie & Fitch á marcas mais maduras, como Chanel, Emporio Armani ou Versace. É um espaço bem aberto, com praça de alimentação com diversas opções (uma das ÚNICAS e mais saudáveis refeições que comi nos EUA foi lá), também com muitos bancos para descansar quando não aguentar mais o peso da sacola!

Outlet Premium Orlando: Bem parecido com os outlets premium do Brasil (como o do RJ e de SP), só que bem maior, o Outlet Premium de Orlando é uma hora, uma hora e meia da cidade, mas a viagem vale totalmente a pena: os preços são inacreditáveis.Uma blusa que se vê nos shopping por, digamos. $45, desce para $22 em Outlet. É bem grande e as vezes parecia um certo labirinto para mim, então é bem fácil se perder no meio daquele tanto de loja, então uma dica útil é levar um mapa.

Comentário sobre LOJAS:
*as principais que eu lembrei

Forever 21: A mais recente queridinha das adolescentes em todo mundo, a Forever 21 oferece preços baixos para roupas que são "tendência" no mundo da moda. Ambas a lojas que visitei (uma em Orlando e outra em NY) eram bem grandes, com de fato, variadas opções, mas a maior deficiência nos produtos da F.21 para mim foi a qualidade dos tecidos. Muito frágil em muitos casos, prova-se que não é são muito duráveis, além que há muitas chances da roupa não ficar muito boa (tive muitos problemas de achar PP, então acabava ficando com P normal).Mas como tem muitas opções, se você olhar meticulosamente pelas seções,  você realmente consegue achar uma peças bem legais (comprei uma legging super confortável por $8,50 dólares e dois vestidos de festa arrumados por aproximadamente $40 dólares!). E fiquem de olho meninos; eles abriram uma ala masculina também bem diversificada!

Charlotte Russe: Eu posso dizer sem dúvida alguma, de todas as lojas que fui nos EUA, a Charlotte foi a que mais me conquistou. Segue a mesma idéia da Forever 21, "moda barata com muitas opções ", com um precinho um pouco mais caro, mas com na minha opinião, uma qualidade muito melhor. Os tecidos e a costura me agradaram muito mais, assim como a variedade de estampas e o caimento da roupa.Tem uma variedade de opções e achei lá muitas coisas que queria, como croppeds, shorts, acessórios e blusas mais arrumadas.

American Eagle: Adorei essa loja, nunca tinha ouvido falar antes da viagem.É bem na pegada da Abercrombie & Fitch, mas ainda com seu próprio estilo. De estilo um pouco  mais "maduro", concentra-se em camisetas jeans, camisas quadriculadas, sem grandes decotes mas ainda devidamente justos ao corpo. Se você gosta de acessórios como pulseiras (se é adepta ao pulseirismo haha), colares, brincos e etc, a AE é uma boa sugestão.

Abercrombie & Fitch e Hollister (mesmo proprietário): São essas as duas marcas mais queridinhas pelos jovens e adolescentes atualmente. Nunca entendi bem o porque elas eram tão absurdamente adoradas (ainda mais com tantas polêmicas trabalhistas envolvendo esta e tantas outras marcas varejistas conhecidas), mas devo admitir que de fato, as roupas são bem confortáveis e se "encaixam" bem no corpo.O maior problema, penso, é que é em consequência de ser MUITO conhecida, ela é MUITO cheia também. Em alguns instantes sumiam todos os tamanhos P e PP da loja e logo eu não achava nada mais que coubesse corretamente em mim.Mas fiz algumas compras boas; um moletom muito quente e aconchegante, um cropped florido e muitos shorts confortáveis.

Aeropostále: Concorrente da A&F, a Aeropostále também tem a atenção do público jovem na área varejista e dá opções parecidas com a da rival.Quase tudo que disse para A&F vale para a Aero, mas como diferença vi principalmente nas blusas e muitas vezes, no preço.O preço, pelo menos no Outlet, estava com uma diferença enorme em comparação com a A&F, muito mais barata. Considero as roupas da Aero também mais "verão", mais soltas; dificilmente se encontraria uma roupa mais de caráter para por exemplo, eventos, enquanto na A&F tem muitas opções do caso.Algo que gostei bastante foi as mochilas, comprei uma mas quase no mesmo instante me arrependi, pelo preço (18 doláres!) e pela qualidade deveria ter levado pelo menos duas.

Claire's: Essa é uma loja exclusivamente de acessórios, onde você pode achar todo tipo de bijuterias legais, bolsas, carteiras, pulseiras, tiaras (até aquela "faixa" florida que está bem em tendência).Eu mesma sou péssima para escolher brincos, por exemplo, então lá eu comprei logo uma cartela de 20 BRINCOS (É!) de vez, agora tenho várias opções.

Vans - Off The Wall: uma loja bem de caráter esportivo, queridinho dos skatistas. Conhecido pelos seus skates, tênis, bonito e confortável (só um pouco difícil de tirar e colocar de volta), bonés de aba reta (me arrisquei e comprei um florido, gostei bastante) e mochilas (comprei a minha tão sonhada mochila de estampa galaxy). Vale a pena dar uma olhada lá, pode se surpreender!

Guess: Outra loja com temática mais madura, lá encontrei blusas de manga comprida e mais elegantes, para sair combinar com saias mais "extravagantes" que comprei em lojas mais teenagers e também uma saia jeans soltinha muito fofa.Não comprei, mas vi lá bolsas bem legais e sapatos também, talvez tivesse experimentado se não fosse pelo pouco tempo que tive para provar.

*Dicas:
  • Como conseguir desconto: Em Outlets sempre têm em bancos de informações ou praça de alimentação cupons de desconto, que vem na verdade numa espécie de livrinho, que oferecem descontos muito bons de as vezes 15% até 40% se você apresentar esse livrinho na hora da compra. O livrinho custa de $10 a $20 dólares, mas é um preço bom comparado ao que você vai economizar nas lojas!
  • SEMPRE prove a roupa antes de comprá-la: o tamanho dos EUA é diferente para o do Brasil, principalmente quando se trata de largura das roupas.Mesmo que a roupa seja S na etiqueta (ou seja, P), ainda devemos levar em consideração que o povo para qual a roupa é originalmente destinada tem grandes estáticas de obesidade e serem em média, mais altos. E mesmo que você achar que para você não há problema, não se engane, prove, para depois não ter o risco de haver contratempos na troca.
  • Atenção ao cartão: se você for levar cartão de crédito (que é a preferência, porque mesmo sendo EUA, não se iludam; não é bom sair levando dinheiro vivo por ai), então lembre-se que nos Estados Unidos o sistema de compra é diferente, invés de colocar a senha, você assina seu nome (menos para compras de valor muito baixo),então tenha cuidado com ele e não saia esquecendo-o por ai, pode dar MUITOS problemas.Se você for menor de idade, então mais ainda, pois muitas lojas não aceitam o cartão de menores de idade sem identidade ou passaporte.
Então, gostaram das dicas? 
E mais gente: em breve postar looks com todas as roupas que comprei lá!

Comente e diga o que achou!



Um Comentário

  1. Bem legal sua viajem!
    beijinhos.
    http://victor-reads.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir