Este post é a continuação da 1ª parte sobre a 3ª temporada de OUAT, dividida em duas partes (o link do primeiro post: aqui.

*SPOILERS* (se você não viu a primeira parte da temporada, sugiro não continuar lendo).

O segundo arco começa com um ritmo ainda melhor do que o primeiro, com a volta absoluta do estilo OUAT. Após a batalha final contra Peter Pan, resultando no sacrifício de um dos personagens mais amados da série, Rumplestilskin, Regina teve de conjurar novamente sua maldição para deter a de Peter.

Porém, a magia vêm sempre com um preço.Com isso foi necessário mais um sacrifício para salvar a todos; a maldição teve de ser inversa e todos aqueles que foram enviados á Storybrooke através dela voltariam para a Floresta Encatada, menos Henry e Emma, que teriam toda sua memória sobre a vida em Storybrooke apagadas.

Foi um final de arco de partir o coração, lembrando um pouco da primeira temporada. O sacrifício de Rumple, a maldição, as memórias de Emma e Henry sendo apagadas, Regina perdendo o filho que a fizera mudar completamente, aprender a amar, e Snow e Charming, perdendo mais uma vez Emma.Uma forma de desconstruir os personagens, levando-os de volta á um lugar que não sabiam mais habitar.

Passa-se um anos depois disso e Emma e Henry estavam vivendo uma vida bem comum em Nova York, Emma trabalhando como policial e até com um novo namorado e Henry estudando normalmente, como um garoto comum, sem noção nenhuma dos acontecimentos de 1 ano atrás.

Tudo em paz, até o aparecimento do pirata Hook em Nova York, surpreendendo Emma.Ele tenta a convencer a voltar para Storybrooke porque os pais dela estavam em perigo, mas sem lembrar de nada e sendo assim, acreditando ser orfã, ela recusa.
Só depois de muita persistência ela cede e acaba bebendo uma poção que Hook trouxe com ele para faze-la lembrar.Com a ilusão quebrada, Emma se dá conta do que estava acontecendo e leva Henry - ainda esquecido, porque não havia poção suficiente para os dois - de volta para a cidade onde todo o problema começou.

Chegando lá, mais uma surpresa inconveniente; ninguém, nem mesmos os pais dela (com inclusive Snow grávida) ou Regina lembram-se do que acontecera no ano que passara ou como foram parar ali novamente.Mas isso não significa que a cidade está segura; aos poucos pessoas estão desaparecendo em toda a cidade.
Essas cenas do presente se alternam com flashbacks bem colocados do ano esquecido, desde do momento que os personagens voltaram para a Floresta Encantada, para ajudar os telespectadores a desvendarem o mistério por trás do acontecimento.

O melhor de tudo é a introdução da nova vilã, levando-nos para mais um mundo mágico; Oz e um desenvolvimento melhor dos personagens, colocando-os de frente com desafios maiores que exigem muito mais deles.
A segunda parte vem com a volta da amada Evil Queen tendo de disputar agora com uma feiticeira no mesmo pódio que ela e com um passado que envolve diretamente Regina, Cora e Rumplestilskin.Fazia muito tempo que não víamos Regina com sua personalidade em auge, ready to destroy.Não faria sentido depois de todo o desenvolvimento e amadurecimento da personagem faze-la voltar ao conflito com Snow, então uma nova disputa surgiu de forma bem adequada e deu certo.

Gosto da forma que os roteiristas de OUAT mexem com o passado, está tudo sempre conectado e nessa segunda parte acertaram mais que no arco de Peter Pan, que de certa era mais uma forma de recuperação da série.

O elenco foi realmente muito bom, Lana Parrila (Regina) e Robert Carlyle (Rumplestilskin) como sempre, arrasando nas interpretações, de longe com os personagens mais complexos da série.Seguidos também de Robbie Kay (Peter Pan), Colin O'Donoghue maravilhoso como Hook e para completar fazendo um ótimo trabalho e Jennifer Morrison (Emma), finalmente ganhou para mim uma atuação mais profunda.E claro as participações especiais foram muito boas.A única coisa que não gostei muitos foram das expressões da atriz que fez a Bruxa Má, Rebecca Mader, foram um pouco fracas, principalmente a de raiva (só uma expressão na verdade) que ela franzia o nariz de forma muito artificial.

Os efeitos especiais, bem, não, mas é série de TV para um contexto que precisaria para ficar perfeito uma tecnologia de cinema, então é aceitável.O figurino por outro lado, muito bem feito, principalmente as roupas de Regina (descobri recentemente que o figurino e as jóias que a personagem usa são os mais caros da série).

*MAIS SPOILER
Mas quero comentar só mais uma coisa, que foi esse season finale da 3ª temporada, foi tão bom quanto arriscado.
Depois da volta da viagem do tempo de Hook e Emma para a Floresta Encantada, que acaba por os aproximar de uma vez por todas, eles acabam trazendo mais do passado que deveriam.Primeiro Marian, a esposa que morrera de Robin Hood, juntando a familia deles novamente (com o filhinho) mas partindo o coração de Regina e reacendendo mais uma vez a chama do ódio da Evil Queen (EEEH!).
Segundo, sem querer trazendo do passado algo do arsenal de Rumple das coisas que até mesmo ele teme...


Reação geral "WHAAAAAT?"
Uma manobra muito arriscada dos roteiristas (mas com publicidade já garantida), mas que ser der certo, pode tornar a 4ª temporada uma das melhores da série.

Ansiosos pela próxima temporada? O que acharam desse 2º arco? Comente e diga sua opinião!


Deixe um comentário