Com o tempo fui me dando conta que algumas das minhas amigas não gostavam de livros de ficção.Eu sinceramente não entendo, eu adoro todos os gêneros, porém minha paixão mesmo é a ficção/fantasia.


Mas é certo; não existe gênero ruim, existe livros não considerados tão "bons", mas em cada gênero com certeza tem alguns com histórias incríveis e bem feitas que se destacam.

Então para os amantes da leitura sobre fatos reais, histórias que realmente aconteceram e na própria visão de quem as viveu, aqui estão algumas sugestões (com sinopse oficial e minha opinião):
Obs: a ordem não está de do que gostei mais para o menos, é a ordem dos livros na foto apenas.

1. Um Gato de Rua Chamado Bob - James Bowen

Sinopse oficial: É uma tarde de outono em Covent Garden, Londres. Trabalhadores correm para o almoço, turistas brotam de todos os lados e clientes entram e saem das lojas. No meio de tudo isso está um gato. Usando um vistoso lenço Union Jack em volta do pescoço e cercado por uma multidão de 30 espectadores de boca aberta, Bob, o gatinho cor de laranja, sorri — é, sorri — timidamente. Próximo a ele, está seu dono James Bowen, com seu violão surrado, cantando músicas do Oasis. Então, ele para de tocar e se abaixa para Bob: “Vamos, Bob, cumprimente!”, diz. Bob mexe os bigodes, levanta uma pata e a estende para James. A multidão assobia. Não é todo dia que se vê um gato sentado, calmamente, no centro de Londres, aparentemente sem se abalar com o barulho das sirenes, os carros passando e todo aquele movimento — mas Bob não é um gato comum...
Opinião: Uma história muito linda sobre a relação entre James Bowen (o autor da história) e seu gato de estimação, Bob.Acaba que o livro não é especificamente sobre Bob, mas como esse gatinho (muito fofo) ajudou James a superar seu vício e seus problemas pessoais, que tanto o atormentavam e o impediam de crescer como pessoa.Indico muito, é uma leitura bem fácil e rápida, mas que vale muito a pena.

2. Eu sou Malala - Malala Yousafzai
Sinopse oficial: Quando o Talibã tomou controle do vale do Swat, uma menina levantou a voz. Malala Yousafzai recusou-se a permanecer em silêncio e lutou pelo seu direito à educação. Mas em 9 de outubro de 2012, uma terça-feira, ela quase pagou o preço com a vida. Malala foi atingida na cabeça por um tiro à queima-roupa dentro do ônibus no qual voltava da escola. Poucos acreditaram que ela sobreviveria. Mas a recuperação milagrosa de Malala a levou em uma viagem extraordinária de um vale remoto no norte do Paquistão para as salas das Nações Unidas em Nova York. Aos dezesseis anos, ela se tornou um símbolo global de protesto pacífico e a candidata mais jovem da história a receber o Prêmio Nobel da Paz. Eu sou Malala é a história de uma família exilada pelo terrorismo global, da luta pelo direito à educação feminina e dos obstáculos à valorização da mulher em uma sociedade que valoriza filhos homens. O livro acompanha a infância da garota no Paquistão, os primeiros anos de vida escolar, as asperezas da vida numa região marcada pela desigualdade social, as belezas do deserto e as trevas da vida sob o Talibã. Escrito em parceria com a jornalista britânica Christina Lamb, este livro é uma janela para a singularidade poderosa de uma menina cheia de brio e talento, mas também para um universo religioso e cultural cheio de interdições e particularidades, muitas vezes incompreendido pelo Ocidente.
Opinião: Admito que não li ainda, mas está no montinho dos livros pedentes que quero muito ler.Recebi várias recomendações, e eu mesma já ouvi muito sobre esta garota, autora do livro, em vários noticiários e revistas. Só de saber um pouco sobre a história já se sabe que é muito interessante por se tratar te um tema que afeta o mundo mundialmente (a questão do Paquistão e guerras internas no país), e além disso sobre a vida dela, no Oriente, completamente diferente de como se vive no Ocidente.Uma outra cultura, outros costumes, uma outra perspectiva de vida, é algo que procuro nos livros, e acho essencial para qualquer um analisar.

3.Para Sempre - Kim e Krickitt Carpenter
Sinopse oficial: A vida que Kim e Krickitt Carpenter conheciam mudou completamente no dia 24 de novembro de 1993, dois meses após o seu casamento, quando a traseira do seu carro foi atingida por uma caminhonete que transitava em alta velocidade. Um ferimento sério na cabeça deixou Krickitt em coma por várias semanas. Quando finalmente despertou, parte da sua memória estava comprometida e ela não conseguia se lembrar de seu marido. Ela não fazia a menor ideia de quem ele era. Essencialmente, a "Krickitt" com quem Kim havia se casado morreu no acidente, e naquele momento ele precisava reconquistar a mulher que amava.
Opinião: Este é o sobre a vida do casal Kim (mais na visão dele) e Krickitt, desde do momento que se conheceram até acontecer o maior problema na vida deles; um acidente de carro que faz Krickitt  ter ferimentos graves e perder a memória.A partir disso Kim conta a difícil batalha para fazer Krickitt lembrar da vida dela e dele e tentar superar a situação estando juntos.Apesar de ter sido um livro que li mais devagar porque o autor conduzia os fatos com uma escrita que as vezes se tornava entendiante, não deixa de ser um livro emocionante de muitas formas, principalmente quando Kim inicia com seu objetivo de tentar faze-la lembrar dos momentos juntos.

4. Quando o Amor Transpõe o Oceano - Winfred Ethel Netto

Sinopse pessoal (não tem oficial): Esta é a história de Winfred Ethel Netto, uma mulher determinada e forte.Acompanhando-a desde da sua infância em Santa Helena, depois conhecendo o amor da vida dela, Odwaldo, um brasileiro que a fez querer viajar todo mundo para estar com ele.Enfrentando muitas dificuldades, contando belas histórias e mostrando sua sabedoria da vida, ela vai contando ao longo do livro toda sua jornada.
Opinião: Um dos melhores livros de não-ficção que li.A autora, Winfred têm talento para escrita e detalha tudo muito bem sem perder o ritmo do livro, colocando informações relevantes e contando as coisas do próprio ponto de vista (muitas vezes hilário), em alguns momentos sério e outros divertidos.É uma bela história de amor, que dura uma vida toda, algo muito raro hoje em dia.Com muitas dificuldades e problemas ao longo da vida, mas resolvidos com a mensagem principal que a autora tenta passar: o amor, de várias formas.

Gostaram? Quais gostariam de ler (já leram)?


10 Comentários

  1. Tenho vontade de ler Para Sempre, mas os livros de fantasia/ficção sempre estão no topo da minha lista de leitura, sou apaixonada pelo gênero! Mas de vez em quando leio algo diferente.
    Beijos!
    http://www.lerimaginarviver.com/

    ResponderExcluir
  2. Sempre tive vontade de ler “Um gato de rua chamado Bob” e depois de sua opinião estou pensando em realmente comprar. Já leu “Os miseráveis”? Ou “éramos seis”? São livros de não-ficção, é de tragédia, é triste, mas não deixam de ser livros ótimos. Se não tiver lido, super recomendo!~~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Recomendo muito mesmo "Um gato de rua chamado Bob", é muito bom!E nunca li "éramos seis", mas "Os Miseráveis", e é ótimo mesmo, mas na verdade é drama/ficção, pois não é uma história real.

      Excluir
  3. Isso mesmo! Perdoe-me pelo erro, quis dizer tipo, algo que não tenha fantasia/seres extraordinarios contidos no livro. Por exemplo o filme "Titanic", é uma história criada dentro de um fato que ocorreu. xDD Caso tenha interesse em livros como esses, acho que vai gostar muito de "Éramos Seis", um drama envolvente, em minha opinião. E obrigada pela recomendação~~ *-*

    ResponderExcluir
  4. Adorei o post! Curti muito as dicas, estou louca pra ler “Um gato de rua chamado Bob”, sou apaixonada por gatos... hehehe
    Beijos!

    http://musicaaolongeliteratura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Eu confesso, não tenho muita paciência para ler livros desse gênero, mas ótimas dicas...

    ResponderExcluir
  6. Eu to louca pra ler esse MALALA e pra sempre.. dizem ser ótimos!!! Eu adoro livro assimm, mas ultimamente tenho tido pouco tempo par ler.. uma pena.. mas adorei o post, beijinho! www.larissanaestrada.com

    ResponderExcluir
  7. Já li o livro do Bob e amei, eu não sou muito fã de gato, mas o Bob é incrível e me conquistou facinho, recomendo a todos lerem esse livro, pois é um livro que mostra o quanto os animais podem mudar a vida de uma pessoa *-*
    E quanto ao livro da Malala, eu morro de vontade de ler, dizem ser muito bom, mas por enquanto não estou podendo comprar kkkk

    Beijos :*
    Larissa - srtabookaholic.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Eu já vi o filme, e chorei, é muito lindo. Ainda não tive a chance de ler o livro, então não posso comparar, mas assim que eu tiver uma brecha na minha lista irei adicionar o livro.

    ResponderExcluir
  9. Gostei das sugestões vou procurar ler.

    ResponderExcluir